<$BlogRSDUrl$>

Um blog para todos os portugueses que se queixam da vida, num diário de uma Ex-jornalista que ... contava porcos como actividade profissional!! E como a vida nem sempre é tão cor-de-rosa como gostaríamos que fosse... Que o seja pelo menos aqui!

27 julho 2004

Ele é lindo.... E só meu!! 

Um marido bom é:

 - aquele que nos faz sentir que estão tristes porque, ao contrário do normal, vamos ficar a trabalhar até mais tarde;

 - aquele que, sabendo que vamos chegar a casa estoiradas, aproveita para arrumar a cozinha toda antes de ir jogar uma futebolada com os amigos, ao início da noite, para descomprimir;

 - aquele que, por esse pequeno grande gesto, nos permite estar aqui, e agora, a ouvir Adriana Calcanhoto, a emocionarmo-nos muito com todas as pequenas e grandes questões da vida...

Um marido bom não é apenas um marido...

... É o MEU maridão, que não é apenas mais um!!

É só meu e não divido!!!

 

26 julho 2004

A Porca emagrece!!! 

Querido amigo Nuno Cainço:

Vi no outro dia umas fotos tuas, bem recentes, em casa da Tina. Estavas com a tua sobrinha ao colo.

Olhei bem e reparei que estavas um bom bocado mais magro.

Só depois é que me lembrei:

"Bem, este gajo usa a Porca como desculpa para fazer duas pausas por dia para lanchar...
Eu deixei de escrever, ele deixou de comer!!!"

Bolas, Nuno, já me podias ter lembrado disto há mais tempo, caso contrário a tua noiva ainda me processa por danos físicos à tua pessoa!!!

Aos restantes leitores da Porca:

Não sei se a ausência da Porca tem este efeito em todos vós, mas, se assim for, deixem de escrever nos vossos blogues - POR FAVOR!!! - porque a minha dieta não está a resultar como o médico queria!!!!

Comer flores 

Li no outro dia que, quando pequena, Sophia de Mello Breyner costumava esconder-se num canto do jardim e comer rosas, como se, dessa maneira, pudesse absorver e tocar na magia e poesia do mundo.

Em tempos idos da minha vida, eu também comia pétalas de rosa...

... e de margaridas e de todas as flores que estivessem ao pé de mim naquelas alturas de...

... bebedeiras de faculdade.

Pergunto-me eu: quando é que alguém vai encontrar os meus cadernos de poemas, transformá-los em livro e fazer de mim escritora!?!?!?

Não, não fui nem vou de férias 

03 julho 2004

Rei morto... respeito deposto 

Já tentei começar este post umas três vezes mas cada vez mais me convenço de que não existem palavras para resumir o que vos vou contar...

Ontem vinha do emprego, ao fim do dia, a ouvir a TSF, descansada da vida numa daquelas filas de trânsito que só visto...

Saio da estrada nacional e começo finalmente a encaminhar-me para casa quando sou ultrapassada por o que me pareceu ser, à primeira vista, uma carrinha a alta velocidade.

Eis quando olho melhor e vejo algo nas traseiras da dita "carrinha", a andar de um lado para o outro, percorrendo a largura do carro, batendo e indo para o outro lado, num vai e vem bizarro...

Olhando melhor, apercebi-me: tratava-se de um carro funerário e o "volume" que percorria vezes sem conta a largura da "carrinha" era... Um caixão!

Ainda hoje não consigo esquecer aquela imagem e pensar que um ser humano ia ali, a ser atirado contra as paredes de um carro funerário, sem vida, sem vontade própria, como se se tratasse de um carregamento de batatas...

O pior é que, se fosse um carregamento de batatas, as mesmas seriam transportadas cuidadosamente, para que chegassem intactas ao seu destino.

E o ser humano que estava dentro do caixão: Não merece mais respeito porque está morto?

01 julho 2004

Quem? Eu!?!? 

Credo....





Você é "O ódio" de Mathieu Kassovitz. Você é inconformado(a), revoltado. Vive se metendo em brigas, mas tem muita atitude.

Faça você também Que
bom filme é você?
Uma criação de href="http://www.abyssinia.blogspot.com">O
Mundo Insano da Abyssinia


Weblog Commenting by HaloScan.com

This page is powered by Blogger. Isn't yours?